domingo, 12 de maio de 2024

PORTO GAIA GRANFONDO

 DEPOIS DE UM INVERNO RIGOROSO ONDE NÃO TREINEI O QUE DEVIA E COMO DEVIA, INSCREVI-ME NO MINIFONDO.

TENTAR UM TOP 10 NO MEU ESCALÃO E UM TOP 50 NA GERAL ERAM OS MEUS OBJETIVOS. NO ENTANTO, ESTA MALTA ESTÁ A ANDAR MUITO BEM, MUITO FORTE E POR ISSO, FIQUEI CLASSIFICADO NO 17º LUGAR NO MEU ESCALÃO (MASTER B) E 77º LUGAR NA GERAL.

NÃO FOI O QUE AMBICIONAVA MAS ACABOU POR SER BOM.

QUANTO À CORRIDA EM SI, VOLTEI A FALHAR NO ARRANQUE. ESTAVA PRATICAMENTE NA LINHA DA FRENTE E NÃO CONSEGUI TIRAR VANTAGEM DISSO PORQUE, CONTINUO A TER PROBLEMAS NO ARRANQUE DEVIDO AOS RECEIOS QUE TENHO COM AS POSSÍVEIS QUEDAS UMA VEZ QUE É A PARTE DA CORRIDA QUE MAIS TENSÃO E NERVOSISMO PROVOCA POIS TODOS QUEREM CHEGAR Á FRENTE E POR ISSO ISSO CAUSA IMENSA CONFUSÃO.

AO KM 3/4 SENSIVELMENTE JÁ COM O PELOTÃO ALGO ESTICADO COMECEI A METER O MEU RITMO E A SALTAR DE GRUPO EM GRUPO.

A PRIMEIRA  GRANDE DIFICULDADE DEU-SE NA SEPARAÇÃO DOS "FONDOS"... UMA SUBIDA ÍNGREME À QUAL EU ME SENTIA BEM E POR ISSO FOI SEMPRE A DESCARREGAR E ASSIM TENTAR CHEGAR O MAIS POSSÍVEL À FRENTE DA CORRIDA. 

DEPOIS DO ABASTECIMENTO AO QUAL NEM PAREI, FOI SEMPRE PREGO A FUNDO NUM ROMPE PERNAS TREMENDO ATÉ À META MAS, SEM ANTES REZAR AOS ANJINHOS NA ASCENÇÃO FINAL PELAS RUAS ÍNGREMES CABO SIMÃO E CASINO DA PONTE ATÉ AO QUARTEL MONTE DO PILAR ONDE O AMBIENTE FERVILHAVA E ESTAVA MUITO BOM.

POSTO ISTO OS MEUS PARABÉNS À ORGANIZAÇÃO QUE UMA VEZ MAIS ESTEVE BRILHANTE. 

PEDALAR AO LADO DO ITALIANO MÁRIO CIPOLLINI, UM DOS MELHORES SPRINTERS DE TODOS OS TEMPOS E O RECORDISTA DE VITÓRIA NO GIRO D'ITALIA  FOI INESQUECÍVEL :) AINDA TENTEI UMA SELFIE MAS A FILA  DE ESPERA ERA ENORME :)











segunda-feira, 30 de outubro de 2023

ESTRADA NACIONAL 222 (EN222) E ECOPISTA DO RAMAL FERROVIÁRIO FAMALICÃO-PÓVOA DE VARZIM - 12/13/14 DE AGOSTO 2023

 ...DEPOIS DE TER SIDO ABORTADA JÁ POR DUAS VEZES, À TERCEIRA FOI DE VEZ E EM 2023, PERCORRI FINALMENTE A ESTRADA NACIONAL 222 (EN222) ENTRE VILA NOVA DE GAIA E ALMENDRA. UMA DAS ESTRADAS MAIS BONITAS DO MUNDO SEGUNDO ALGUNS ESPECIALISTAS NA MATÉRIA :)

NÃO FOI DIFÍCIL DESENHAR E "ARQUITECTAR" O PLANO POIS O MESMO JÁ ESTAVA FEITO. APENAS LIMEI UMAS ARESTAS COM O ACRESCENTO DE UMA OUTRA ETAPA.






DEPOIS DE TUDO ORGANIZADO, PLANEADO E COM A DATA MARCADA FOI SÓ ESPERAR PELO DIA E PARTIR PARA A AVENTURA :)



EN 222 - 1ª ETAPA ENTRE VILA NOVA DE GAIA - PESO DA RÉGUA 


DE MANHÃ CEDO PARA ME DESLOCAR PARA O PONTO DE PARTIDA, FUI DE COMBOIO PARA O PORTO ATÉ À BELA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE SÃO BENTO ONDE SE PODEM VISLUMBRAR BELÍSSIMOS PAINÉIS DE AZULEJOS COM REFERÊNCIAS PARA O RIO DOURO E SUAS GENTES.





AINDA A CIDADE ACORDAVA E JÁ ESTAVA EU A ATRAVESSAR A PONTE D. LUÍS EM DIRECÇÃO À AVENIDA DA REPÚBLICA EM V.N. DE GAIA ONDE VOU ENCONTRAR O MECO DO KMS 0 DA EN222.



DEPOIS DA FOTO DA PRAXE, DE TER CARIMBADO A CREDENCIAL NAS BOMBAS DE GASOLINA NO OUTRO LADO DA ESTRADA E DE TER DESEJADO VOA VIAGEM A UM CASAL QUE IA TAMBÉM PERCORRER A EN 222 MAS DE MOTO,  ARRANCO EM DEFINITIVO PARA A MINHA AVENTURA PELA EN222 :)



O DIA COMEÇA FRESCO E ALGO NUBLADO MAS AOS POUCOS O SOL VAI APARECENDO E AQUECENDO. 

EU, PEDALO SATISFEITO PELA EN222 RUMO A ALMENDRA COM PARAGEM PARA PERNOITAR NO PESO DA RÉGUA :)

AO KM 27,5 FAÇO A MINHA PRIMEIRA PARAGEM. PRECISAMENTE NO MIRADOURO DE LABERCOS E É ONDE PELA PRIMEIRA VEZ AVISTO O RIO DOURO.

ATÉ AO MIRADOURO DE LABERCOS O "TERRENO" NÃO É NADA FÁCIL. PARECE UM AUTÊNTICO CARROSSEL COM SUBIDAS CURTAS MAS ÍNGREMES A SOLICITAR BASTANTE FORÇA NOS CRANKS :) 


DE VOLTA À ESTRADA E JÁ COM O SOL A RASGAR O CÉU, FIZ 12 KMS ATÉ OLIVEIRA DO ARDA ONDE PARO NOVAMENTE PARA ABASTECER E COMER ALGO MAIS NUTRITIVO. 

ATÉ ESTE LOCAL, O PERCURSO É BONITO COM A CONTINUIDADE DA DUREZA NUM SOBE E DESCE CONSTANTE E QUE A PARTIR DE PEDORIDO JÁ A PEDALAR JUNTO AO RIO DOURO

À SAÍDA DO CAFÉ/RESTAURANTE ONDE TINHA PARADO, TENHO A PRIMEIRA PERIPÉCIA DO DIA. 

DOIS KMS À FRENTE A EN222 "PARTE-SE" EM DOIS RAMAIS ATÉ CASTELO DE PAIVA. UM É PELA ESTRADA "PRINCIPAL" EN222 E OUTRO, É PELA VARIANTE À EN222 EM QUE NÃO PODEM CIRCULAR ENTRE OUTROS, AS BICICLETAS.

ORA ESTA DIVISÃO OCORRE QUANDO O TERRENO COMEÇA A SUBIR. QUANDO VEJO A SUBIDA, BAIXO A CABEÇA E CONCENTRO-ME NA PEDALADA POIS ESTÁ CALOR E QUERIA SUBIR SEM TER DE PARAR O QUE, ORIGINOU EM QUE ENTRASSE NA VARIANTE À EN222 E NÃO TIVESSE REPARADO NA SINALIZAÇÃO VERTICAL.

SÓ DEI POR ELA CERCA DE 1 KM DEPOIS POR TER REPARADO QUE ESTAVA NUMA ESTRADA DE QUATRO FAIXAS, DUAS PARA CADA LADO E COM SEPARADOR AO MEIO. 

DEI LOGO POR ELA QUE ESTAVA ENGANADO. VOLTAR PARA TRÁS SERIA MAIS PERIGOSO DO QUE SE CONTINUASSE EM FRENTE. FOI O QUE FIZ CONTINUEI E SAÍ NA PRIMEIRA SAÍDA PARA DEPOIS, MAIS À FRENTE TER DE VOLTAR A ENTRAR PARA CHEGAR ATÉ CASTELO DE PAIVA :)

A CHEGA A CASTELO DE PAIVA É DURA E O IMENSO CALOR JÁ SE COMEÇA A SENTIR.

APENAS PAREI PARA CARIMBAR A CREDENCIAL E ADMIRAR O MEMORIAL DO SOBRADO



A PARTIR DE CASTELO DE PAIVA EMBORA NUMA  TOADA DURA DE UM SOBE E DESCE CONSTANTE E SEMPRE COM MUITAS CURVAS, A PAISAGEM COMEÇA A MUDAR. COMEÇAM-SE A VISLUMBRAR OS VINHEDOS DO DOURO E A PRESENÇA VISUAL SOBRE O RIO DOURO TAMBÉM AUMENTA FAZENDO COM QUE O TRAJECTO SE TORNE MAIS BONITO.

AS PASSAGENS POR VASSADAS, GRANJA, SOUSELO, TAROUQUELA, SANTIAGO DE PIÃES, SÃO CRISTOVÃO DE NOGUEIRA ATÉ CINFÃES SÃO FABULOSAS.

EM TAROUQUELA E DEBAIXO DE UM ENORME CALOR TIVE NECESSIDADE DE PARAR NUM MINI-MERCADO PARA BEBER UMA COCO-COLA FRESQUINHA E COMER UMA BELA SANDES DE PRESUNTO.

ALÉM DE TER REPOSTO UM POUCO DE SAIS, CAFEÍNA E UM POUCO DE DESCANSO, AINDA TIVE O PRAZER DE CONVERSAR COM A Dª SÓNIA PINTO A DONA DO ESTABELECIMENTO. 

UMA SENHORA MUITO SIMPÁTICA E ATENCIOSA  POIS QUANDO LHE DISSE DE ONDE VINHA E PARA ONDE IA, LEVOU DE IMEDIATO  AS MÃOS À CABEÇA MAS COM UM SORRISO DE CONTENTAMENTO E DE PREOCUPAÇÃO PORQUE AINDA TINHA DE PEDALAR BASTANTE E COMO SE NÃO BASTASSE, QUERIA-ME OFERECER UMAS FRUTAS E UMAS BOLACHAS PARA LEVAR. AGRADECI GENTILMENTE MAS TIVE DE RECUSAR PORQUE O ESPAÇO NÃO ERA MUITO E TAMBÉM NÃO PRECISAVA.

ALÉM DISSO AINDA ME DEU UMAS ORIENTAÇÕES A TOMAR EM PIÃES ( UNS KMS MAIS À FRENTE) DEVIDO ÀS OBRAS NA EN 222 POIS A MESMA ESTAVA CORTADA E TERIA DE FAZER UM DESVIO DIFÍCIL DE 7 KMS. SEGUNDO AS SUAS ORIENTAÇÕES AO QUAL EU SEGUI, NÃO FUI PELO DESVIO MAS SIM PELA EN222 CONSEGUINDO CONTORNAR AS OBRAS DA MESMA.

DESPEDIDAS E AGRADECIMENTOS FEITOS, LÁ CONTINUEI A MINHA VIAGEM PARANDO DESTA VEZ NA BONITA VILA DE CINFÃES PARA BEBER MAIS UMA COC-COLA :)








A EN 222 É DE FACTO DESLUMBRANTE E À MEDIDA QUE A "DESBRAVO", MAIS IMPONENTE E ESPETACULAR SE TORNA.

A DESCIDA DE CINFÃES ATÉ PORTO ANTIGO QUE SÃO 8 KMS, SÃO VERDADEIRAMENTE FANTÁSTICOS EM QUE NA QUAL PASSAMOS O RUI BESTANÇA QUE DESAGUA NO RIO DOURO. LOGO A SEGUIR, MAIS UMA PICADA DE 5 KMS MAS DESTA VEZ, DE MÃO DADA COM O DOURO. QUE BELEZA DE MARAVILHA.




NO SEGUIMENTO DA EN 222, DESCEMOS 6KMS ATÉ CHEGARMOS A CALDAS DE AREGOS NO CONCELHO DE RESENDE.

NESTA LOCALIDADE FIZ UMA BREVE PARAGEM PARA VISITAR E CARIMBAR A CREDENCIAL NA SEDE DA ROTA N222 ALÉM DAS FOTOS DA PRAXE.







O DIA VAI AVANÇANDO E OLHANDO PARA O MEU MAPA, VEJO QUE JÁ SÓ FALTAM CERCA DE 34 KMS PARA CHEGAR ATÉ AO PESO DA RÉGUA. NO ENTANTO, O MESMO MAPA DIZ-ME QUE AINDA TENHO DE SUBIR MUITO E À PASSAGEM POR MOSTEIRÓ, PASSO PELO KM 100 :)




O CALOR APERTA E A SUBIR A COISA NÃO AJUDA MUITO. O QUE VALE É QUE A PAISAGEM É ÚNICA, É BELA E INSPIRADORA.

CHEGADO A RESENDE MAIS UMA PARAGEM MAS APENAS PARA TIRAR UM FOTOGRAFIA AO LADO DO SR.º ANTÓNIO PEREIRA, FIGURA ILUSTRE DE RESENDE NO ENTANTO JÁ FALECIDO.





DE RESENDE ATÉ PENAJÓIA SÃO CERCA DE 22 KMS DE UM SOBE E DESCE CONSTANTE MAS DE SUBIDAS E DESCIDAS CURTAS MAS COM UMA IMPONÊNCIA PAISAGÍSTICA DO MELHOR QUE A EN 222 TEM PARA OFERECER E SEMPRE COM O DOURO A MARCAR PRESENÇA.

DE PENAJÓIA À RÉGUA SÃO 10 KMS SEMPRE A DESCER E A PEDALAR COM VIGOR E SATISFAÇÃO :)










CHEGADO AO PESO DA RÉGUA DEPAREI-ME COM AS FESTAS LOCAIS. VI LOGO QUE NÃO SERIA FÁCIL ARRANJAR DORMIDA.

NOS BOMBEIRO VOLUNTÁRIOS AO CONTRÁRIO DE 2013, NÃO CONSEGUI ALOJAMENTO PORQUE JÁ ESTAVAM CHEIOS. TINHAM BOMBEIROS DE OUTRAS INCORPORAÇÕES DEVIDO ÁS FESTAS DA CIDADE.

TUDO QUE ERA ALOJAMENTO LOCAL ESTAVA CHEIO E POR ISSO NÃO ME RESTOU OUTRA ALTERNATIVA SENÃO, MONTAR A TENDA.

FOI NO PARQUE DE CARAVANAS E DEBAIXO DO TABULEIRO DA PONTE PEDONAL QUE MONTEI A MINHA TENDA PARA DESCANSAR E PERNOITAR. O SITIO ERA PORREIRO E CALMO (PENSAVA EU) :)


A NOITE NA RÉGUA FOI TUDO MENOS PACÍFICA. 

QUANDO ME DEITEI PARA DESCANSAR, OUVIA OS ECOS DA MÚSICA DA FESTA. NÃO ME INCOMODAVA E POR MOMENTOS PASSEI PELO SONO. E O PORQUÊ DE PASSAR POR MOMENTOS PELO SONO?

PORQUE DEPOIS DO ARRAIAL DA FESTA, SEGUIU-SE UM EVENTO DE DJ´S A CERCA DE 150 METROS DE ONDE EU ESTAVA. BEM MAS QUE BARULHEIRA ELECTRÓNICA ESTAVA ALI ACONTECER.

BEM COM AQUELE EVENTO ACONTECER O MOVIMENTO DE CARROS E PESSOAS NÃO PARAVA O QUE ME DEIXAVA UM POUCO APREENSIVO E FEZ COM QUE NÃO CONSEGUI-SE "PREGAR OLHO" POR TER RECEIO QUE MEXESSEM COMIGO. 

MALTA JOVEM E EM GRUPOS E DEPOIS JÁ COM ALGUNS COPOS A MAIS E MAIS QUALQUER COISA... ENFIM, TINHA ESSE RECEIO.

POR VOLTA DAS 03:16 DA MANHÃ DECIDI "LEVANTAR ÂNCORA" OU SEJA,  COMECEI A ARRUMAR AS COISAS. DESMONTEI A TENDA E TODO O RESTO DE MATERIAL E VOLTEI A COLOCAR TUDO DIREITINHO DA BICICLETA. 

FEZ TODO ESTE PREPARO DEVAGAR E COM CALMA DE MODO A QUE TIVESSE PRONTO A ARRANCAR POR VOLTA DAS SEIS HORAS DA MANHÃ.

MAIS OU MENOS POR ESSA HORA, O PESSOAL DA RAVE ELECTRÓNICA COMEÇOU A SAIR E EU MONTEI A MINHA BICHINHA E LÁ FUI EU ATÉ À ESTAÇÃO DE COMBOIOS PARA VER SE O CAFÉ DA MESMA JÁ ESTAVA ABERTO AFIM DE TOMAR O PEQUENO ALMOÇO E CARREGAR UM POUCO O TELEMÓVEL E O GPS.

ASSIM FOI E ASSIM ACONTECEU :)


EN 222 - 2ª ETAPA ENTRE O PESO DA RÉGUA E ALMENDRA 


DEPOIS DE UMA NOITE TOTALMENTE EM BRANCO EM TERMOS DE DESCANSO E JÁ DE PEQUENO ALMOÇO TOMADO E APARELHOS CARREGADOS, FOI HORA DE ME FAZER NOVAMENTE À EN222 PARA A ETAPA FINAL.

AO CONTRÁRIO DA ETAPA ANTERIOR, SABIA QUE ESTE TROÇO SERIA DURO E DIFÍCIL E ESTAVA PREPARADO PARA ELE. NO ENTANTO O POUCO DESCANSO QUE TIVERA NA NOITE ANTERIOR E O ENORME CALOR QUE IRIA ESTAR DEIXAVAM-ME UM POUCO APREENSIVO MAS, PRONTO PARA UMA BELA PENITÊNCIA.

ERAM 07:15 DA MANHÃ QUANDO COMECEI A PEDALAR.

OS PRIMEIROS 21 KMS SERIAM FÁCEIS, SUPER ROLANTES E SEMPRE JUNTINHO AO DOURO E A VER O SOL A ROMPER PELAS MONTANHAS QUE CERCAM O RIO.

AOS POUCOS COMEÇO A SENTIR CALOR E A NECESSIDADE DE COMEÇAR BEM CEDO A HIDRATAR. RAPIDAMENTE FIQUEI COM O BIDÃO DE ÁGUA QUASE VAZIO MAS,  NÃO ME IMPORTEI MUITO PORQUE PENSAVA EU QUE IRIA ENCONTRAR ALGUM CAFÉ ABERTO.

ENQUANTO ISTO, VOU ADMIRANDO A PAISAGEM DO DOURO, A SUA LINHA FERROVIÁRIA E AS SUAS BELAS VINHAS. 

O TRÂNSITO É POUQUÍSSIMO E APENAS SÓ SE VÊ, "AQUI E ALI" UM OU OUTRO CICLISTA OU, UM OU OUTRO CORREDOR.















AO CHEGAR À FOZ DO RIO TORTO, IRIA DEIXAR O DOURO POR UNS MOMENTOS E FAZER A GRANDE E DURA SUBIDA ATÉ SÃO JOÃO DA PESQUEIRA. SERIAM 15 KMS A UMA PENDENTE MÉDIA DE +/- 7% .

O TEMPO ESTÁ AQUECER MAS A PAISAGEM É DESLUMBRANTE. AQUELAS VINHAS SÃO LABIRINTOS GEOMÉTRICOS A SERPENTEAR AQUELES VALES E É FABULOSO OBSERVAR E VER COM UM SORRISO NO ROSTO PORQUE A BELEZA DAQUILO ASSIM O OBRIGA. NO ENTANTO, COMEÇO A TER UM PROBLEMA. COMEÇO A TER SEDE E NÃO TENHO ÁGUA. NÃO ENCONTRO CAFÉS E TÃO POUCO ENCONTRO FONTES E ESTOU PREOCUPADO.

SEM PERDER O "TINO" E COM UM BOA PEDALADA VOU ESCALANDO A EN222 À ESPERA DE ENCONTRAR ÁGUA.





À PASSAGEM POR CASAIS DO DOURO FIQUEI ALIVIADO PORQUE PENSEI QUE IRIA ENCONTRAR UMA FONTE OU UM CAFÉ ABERTO. 

ENGANO MEU. NEM UMA COISA NEM OUTRA. AINDA PONDEREI TOCAR À CAMPAINHA DE UMA HABITAÇÃO MAS DEPOIS RECUEI E NÃO O FIZ POR RECEIO.

RETOMEI NOVAMENTE A MARCHA.

ÀS TANTAS E JÁ A PRECISAR DE UMA BOA GOLADA DE ÁGUA , VEJO AO LONGE UM CICLISTA QUE VEM A DESCER . PAREI E FEZ-LHE SINAL PARA PARAR TAMBÉM. DEI BOM DIA OBVIAMENTE E PERGUNTEI SE NÃO CONHECIA POR ALI UMA FONTE DE ÁGUA.

O CICLISTA ERA FRANCÊS E NÃO ENTENDEU O QUE EU QUERIA DIZER. VOLTEI A FAZER A PERGUNTA COM O FRANCÊS QUE AINDA ME LEMBRO DA ESCOLA :) O CICLISTA LÁ ENTENDEU E GENTILMENTE ME OFERECEU UM DOS SEUS CANTIS DE ÁGUA. FIQUEI AGRADECIDO PELA SUA AMABILIDADE MAS RECUSEI. NO ENTANTO O SENHOR FOI MAIS CHATO DO QUE EU E PEGOU NO MEU CANTIL E O ENCHEU DE ÁGUA.

AGRADECI IMENSO "SALVOU-ME" ALI O DIA E TIRAMOS UMA FOTO PARA A POSTERIDADE :)

TINHA O DEPÓSITO CHEIO MAS, TINHA-O DE O RACIONAR MUITO BEM PORQUE A PRÓXIMA POPULAÇÃO QUE ERA ERVEDOSA DO DOURO AINDA FICAVA A 8 KMS DE DISTÂNCIA E COM MUITA SUBIDA PELA FRENTE E COM O CALOR A APERTAR.

UNS KMS MAIS À FRENTE APROVEITEI A FRESCA DE UMAS ÁRVORES PARA PARAR E LANCHAR E AO MESMO TEMPO CONTEMPLAR PELA ÚLTIMA VEZ ATÉ PASSAR V.N. DE FOZ CÔA, O RIO DOURO E EM QUE SE CONSEGUE VER O PINHÃO.






É CURIOSO QUE PASSARAM POR MIM MUITAS MOTOS QUE ESTAVAM TAMBÉM A PERCORRER A EN222 E TODAS ELAS ME APITAVAM E FORMA DE CUMPRIMENTO E ALGUMAS AINDA ABRANDAVAM A MARCHA PARA ME DAR "AQUELA FORÇA". ENFIM MALTA BOA.

FINALMENTE CHEGO A ERVEDOSA DO DOURO. QUE ALIVIO AO VER UM CAFÉ ABERTO :)

QUANDO ESTOU A PREPARAR-ME PARA ENTRAR NO CAFÉ, OIÇO E VEJO UMA BANDA FILARMÓNICA A SUBIR UMA RUA E A TOCAR. VI LOGO QUE ERA O DIA DA FESTA LOCAL. PEDI UMA FANTA QUE A BEBI DE GOLADA COM A SENHORA AO BALCÃO A OLHAR PARA MIM E DEPOIS PEDI UMA COLA E UM BOLO PARA VIR PARA O EXTERIOR DO CAFÉ VER A BANDA A TOCAR :) ERA A BANDA MARCIAL DO VALE 


DEPOIS DE PEDIR UMA GARRAFA DE ÁGUA PARA LEVAR, PUS-ME  NOVAMENTE A CAMINHO PORQUE AINDA TINHA MUITA SUBIDA PELA FRENTE ATÉ SÃO JOÃO DA PESQUEIRA EM QUE A PAISAGEM CONTINUAVA  A SER UMA VERDADEIRA TELA DE PINTURA AO VIVO E AO AR LIVRE. SIMPLESMENTE LINDO DE SE VER.



TRINTA MINUTOS DEPOIS DE SAIR DE ERVEDOSA DO DOURO CHEGAVA FINALMENTE A SÃO JOÃO DA PESQUEIRA UMA VILA MUITO BONITA E CHEIA DE VITALIDADE.

AQUI PAREI NO MARCO QUILOMÉTRICO DA EN222 PARA UMAS FOTOS E REFRESCAR A ALMA :)






A PARTIR DAQUI DE SÃO JOÃO DA PESQUEIRA AS COISAS MUDAM UM POUCO, COMO SE DE UMA NOVA ETAPA SE TRATASSE. ISTO PORQUE COMEÇO PELA PRIMEIRA VEZ A SENTIR O CORPO CANSADO E COM O AUMENTAR DA TEMPERATURA, MAIS AS FORÇAS ME VÃO FALTANDO E DEPOIS, A PAISAGEM EMBORA SENDO NA MESMA MAJESTOSA, DEIXA-SE DE VER OS GRANDES E PROFUNDOS VALES VISTOS ATÉ SÃO JOÃO DA PESQUEIRA. AGORA A VISTA CONSEGUE TER UM RAIO DE VISÃO MUITO MAIS ALARGADO PORQUE NÃO EXISTE TANTA MONTANHA E DEPOIS EMBORA SUBINDO MUITO, AS EXTENSÕES DOS VINHEDOS SÃO MAIS RETOS E PLANOS.

JUNTANDO A TUDO ISTO, ACRESCE SEMPRE O PROBLEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA REDE PÚBLICA QUE SIMPLESMENTE NÃO EXISTE E POR ISSO, EM CADA CAFÉ QUE ENCONTRAVA COMPRAVA SEMPRE UMA GARRAFA DE LITRO E MEIO DE ÁGUA E APROVEITAVA ESSAS OCASIÕES PARA CARIMBAR O PASSAPORTE ONDE HAVIA CARIMBO PARA TAL.







À PASSAGEM DO KM 200 E JÁ BEM PERTO DE VILA NOVA DE FOZ CÔA, SINTO-ME EXAUSTO. O CORPO SENTE FINALMENTE A FALTA DE DESCANSO DA NOITE ANTERIOR E ESTÁ A CAUSAR-ME MUITA APREENSÃO. 

ENTRETANTO TENHO UMA DESCIDA DE 5 KMS QUE ME LEVA ATÉ ÀS PORTAS DE V.N. DE FOZ CÔA E DEVIDO À FALTA DE TRAVÃO DIANTEIRO VOU MAIS DEVAGAR O QUE ME POSSIBILITA DESCANSAR UM POUCO E RECUPERAR ALGUM FÔLEGO.

NO ENTANTO CHEGADO AO FIM DA DESCIDA TENHO UMA SUBIDA CURTA DE 1 KM MAS DURÍSSIMA QUE QUASE ME FAZ ATIRAR A TOALHA AO CHÃO. SE ESTAVA ROTO, MAIS ROTO FIQUEI.

PAREI UM POUCO. BEBI E COMI ALGO COM MUITA TRANQUILIDADE E VOLTEI A RACIOCINAR CORRECTAMENTE.

NÃO ESTAVA COM PRESSA , ERA RELATIVAMENTE CEDO E POR ISSO NÃO HAVIA MOTIVO PARA NÃO CONCLUIR A EN222 POR SENTIR-ME MUITO CANSADO DAS PERNAS.

VOLTEI A MONTAR A "BICHINHA" E RUMEI A ALMENDRA PARA OS ÚLTIMOS 20 KMS DA EN222 :)



RESTABELECIDO EMOCIONALMENTE EMBORA COM O CORPO CANSADO, ENCONTRO-ME JÁ NA RETA FINAL DA EN222 E PEDALO TODO SATISFEITO NUMA RETA NA SAÍDA DE FOZ CÔA PARA ALMENDRA QUANDO DE REPENTE COMEÇO NOVAMENTE A "FAZER CONTAS DE CABEÇA" E A PENSAR PARA MIM "... EU ESTOU FODIDO..." :) E ISTO PORQUÊ?

PORQUE AO FIM DE 2 KMS DE RETA, VEJO UMA PLACA A SINALIZAR UMA DESCIDA DE 7% DE INCLINAÇÃO... OS ALARMES SOARAM PORQUE DEPOIS TERIA DE FAZER ESTE PERCURSO AO CONTRÁRIO. SE AGORA ESTAVA A DESCER, TERIA DEPOIS DE O FAZER A SUBIR.

NO ENTANTO ISTO NÃO ACABA AQUI. ESTA DESCIDA TINHA 5,5 KMS QUE ACABAVAM NA FOZ DO RIO CÔA E DEPOIS APARECERAM MAIS 7 KMS A 7% A SUBIR E SOB UM CALOR TÓRRIDO ONDE NÃO HAVIA SOMBRAS. APENAS UMA OU OUTRA PROVOCADA POR PEQUENAS ÁRVORES E COM POUCA RAMAGEM ONDE EU APROVEITAVA PARA PARAR E MOLHAR OS LÁBIOS PORQUE NOVAMENTE A ÁGUA ESCASSEAVA. 

NESTA ALTURA, VOLTEI A ENCONTRAR-ME COM O RIO DOURO E ONDE PODIA VISLUMBRAR PARTE DOS PASSADIÇOS DO CÔA.






NESTA ALTURA FOI O PERÍODO MAIS CRITICO DE TODA A MINHA AVENTURA.

AS FORÇAS ESTAVAM MESMO ESGOTADAS, O CALOR ERA ENORME, HAVIA UM BARULHO SUPER INTENSO VINDO DA VEGETAÇÃO, PARECIA SER "GUINCHOS" DE QUALQUER TIPO DE ANIMAL , AVE OU INSECTOS NÃO SEI. SEI É QUE O BARULHO ERA ENSURDECEDOR. QUANDO PASSAVAM CARROS AINDA LEVANTAVA O CANTIL NO AR PARA VER SE PERCEBIAM A MENSAGEM MAS NINGUÉM PARAVA. ESTAVA EM COLAPSO FÍSICO POR COMPLETO.

FACE A ESTE ESGOTAMENTO FÍSICO, DESTA VEZ NÃO DEIXEI QUE O MESMO AFECTA-SE O MEU PSICOLÓGICO E POR ISSO LÁ ME FOI AGUENTANDO PEDALADA APÓS PEDALADA.

DEPOIS DESTA ESTIRADA DE 7 KMS, FALTAVAM APENAS 5 KMS PARA O FIM DA EN222. NO ENTANTO TAMBÉM NÃO FORAM FÁCEIS DE FECHAR POIS ORA SE DESCIA PARA SE TORNAR A SUBIR ATÉ QUE A CONTAGEM DECRESCENTE COMEÇOU VERDADEIRAMENTE QUANDO ALCANCEI A PLACA QUILOMÉTRICA DO KM 222. JÁ ESTAVA MESMO PERTINHO :)

QUANDO ESTOU A SUBIR DE FORMA CONCENTRADA MAIS UM TRECHO DA EN222, OLHO PARA A DIREITA. OLHEI POR OLHAR COMO OLHO TANTAS VEZES MAS DESTA  VEZ FOI DIFERENTE FACE AO QUE VI. BEM DIFERENTE.

PARA MEU ESPANTO ASSIM QUE OLHEI, VEJO A ENORME PLACA DE XISTO A SINALIZAR O FIM (OU O INÍCIO ) DA ESTRADA NACIONAL 222 :)

QUE ALEGRIA E QUE EMOÇÃO ME INVADIU DE CIMA A BAIXO QUER EXTERNA, QUER INTERIORMENTE :)

FINALMENTE TINHA CHEGADO AO MEU DESTINO. TINHA CONCLUÍDO TODO O PERCURSO DA ESTRADA NACIONAL 222 :)

PAREI A BICICLETA COMO É ÓBVIO E COMECEI A TIRAR AS FOTOGRAFIAS DA PRAXE.

POR UNS MOMENTOS SENTEI-ME A ADMIRAR O LOCAL E SOBRETUDO AQUELA PLACA DE XISTO COBERTA DE AUTOCOLANTES DE OUTROS HOMENS E MULHERES QUE TAMBÉM ELES PERCORRERAM ESTA ESTRADA. QUE MOMENTO APESAR DE O ESTAR A VIVER SOZINHO.

ESTAVA SATISFEITO E SOBRETUDO REALIZADO E SEM PENSAR NA DUREZA QUE AINDA IA PASSAR PARA CHEGAR ATÉ FOZ CÔA :)

ESTAVA A VIVER O MEU MOMENTO. MAIS UM MOMENTO DE CONQUISTA, MAIS UM MOMENTO PARA CONTAR, ESCREVER E RELATAR :)











DEPOIS DE TER CONTEMPLADO TODOS AQUELES MOMENTOS E SENTIMENTOS, ERA HORA DE PARTIR E FAZER O INVERSO ATÉ VILA NOVA DE FOZ CÔA ONDE IRIA PERNOITAR.

NO ENTANTO TINHA QUE IR AINDA AO CENTRO DE ALMENDRA PARA CARIMBAR O PASSAPORTE E REFRESCAR-ME UM POUCO PORQUE ESTAVA A MORRER DE SEDE.

ASSIM QUE CHEGUEI, ENCONTREI UM CENTRO BASTANTE BONITO DE CASAS EM PEDRA E COM UMA PEQUENA FESTA ACONTECER. VIM A SABER MINUTOS DEPOIS QUE ERA UMA FESTA PROTAGONIZADA PELOS MORDOMOS DA PÁSCOA QUE OFERECIAM COMIDA E BEBIDA A TODA A GENTE INCLUINDO OS VISITANTES/VIAJANTES.

DIRIGI-ME AO CAFÉ QUE ESTAVA CHEIO DE GENTE DA TERRA E PEDI UMA COCA-COLA E QUE ME CARIMBASSEM O PASSAPORTE.

DEPOIS DE UMA BOA CONVERSA E SABER PORMENORES DA VIAGEM, SENTEI-ME NA PEQUENA ESPLANADA DO CAFÉ.

AO MEU LADO SENTOU-SE UM SENHOR DA TERRA QUE ERA IMIGRANTE E ASSIM DO NADA FALOU PARA MIM DIZENDO E PERGUNTANDO:

 - "VEM DE LONGE? VEM CARREGADO E COM ESTE CALOR...

    DESCANSE QUE DEPOIS VAI ALI COMER UMA OU DUAS SANDES DE PORCO NO ESPETO QUE ERA DE GRAÇA. OFERTA DOS MORDOMOS DA PÁSCOA..."

LÁ LHE FOI RESPONDENDO AO QUE PERGUNTAVA E AGRADECI O CONVITE MAS QUE TINHA DE O RECUSAR PORQUE TINHA VERGONHA :)

 -"... QUE VERGONHA? NÃO HÁ QUE TER VERGONHA. ISTO É UMA TERRA PEQUENA E SÓ NO VERÃO É QUE FICA CHEIA DE GENTE POR CAUSA DOS SEUS IMIGRANTES. E POR ISSO TEMOS GOSTO EM RECEBER QUEM NOS VISITA. VENHA COMIGO..."

E PRONTO LÁ FUI EU COMER PORCO NO ESPETO.






ESTOU A PREPARAR-ME PARA PARTIR QUANDO CHEGAM DE VESPA 5 ELEMENTOS DO VESPA CLUBE PAPERINOS DE CADIMA (CANTANHEDE). 

ESTAVAM A PERCORRER A ROTA DO NORTE. TROCAMOS UMAS IMPRESSÕES, UMAS FOTOS E MOMENTOS DEPOIS, FOI HORA DE DIZER ADEUS A TODA A GENTE E SEGUIR CAMINHO.



ESTAVA JÁ A COMEÇAR A PEDALAR QUANDO CHEGAM DOIS CICLISTAS QUE ESTAVAM TAMBÉM A PERCORRER A EN 222.

DEPOIS DE CONCLUÍDO O OBJECTIVO, TINHA AINDA A ETAPA PARA CONCLUIR E SERIAM 20 KMS COMPLICADOS. 

COMO TINHA TEMPO E QUARTO RESERVADO NA POUSADA DA JUVENTUDE DE FOZ CÔA, IMPRIMI UMA PEDALADA LENTA E COM BASTANTE CALMA PARA ME POUPAR PARA A ENORME SUBIDA QUE TINHA DE FAZER DESDE A FOZ DO RIO CÔA ATÉ FOZ CÔA.

ESTOU EU JÁ A DESCER PARA A FOZ DO RIO CÔA QUANDO AVISTO PARADO NUM PARQUE JUNTO À PONTE UM REBOQUE.

PAREI JUNTO DO REBOQUE E DO NADA PERGUNTEI AO SENHOR DO MESMO O SEGUINTE E EM MODO DE BRINCADEIRA ;

 "... UM REBOQUE AGORA FAZIA UM JEITAÇO DO CARAÇAS ATÉ FOZ CÔA..." 

E RESPONDEU-ME PRONTAMENTE O FULANO;

"... E PORQUE NÃO? ESTIVE A TESTAR OS NOVOS CALÇOS DE TRAVÕES NO CAMIÃO. VOU PARA FOZ CÔA E POSSO LEVÁ-LO SE QUISER?..."

COMO JÁ TINHA O OBJECTIVO CUMPRIDO, NEM HESITEI. CARREGAMOS E PRENDEMOS A BICICLETA NO CAMIÃO E LÁ FUI DE BOLEIA ATÉ FOZ CÔA.



CHEGADO A VILA NOVA DE FOZ CÔA E CANSADO MAS COM O DEVER CUMPRIDO FOI HORA DE ME INSTALAR NA SIMPÁTICA POUSADA DA JUVENTUDE DE FOZ CÔA PARA TOMAR BANHO E POR FIM DESCANSAR, DORMIR UMA NOITE COMO DEVE DE SER :)



DE BANHO TOMADO FUI TENTAR ENCONTRAR UM RESTAURANTE PARA JANTAR. 

DISSE TENTAR PORQUE O RECEPCIONISTA DA POUSADA DISSE-ME QUE SERIA DIFÍCIL ENCONTRAR ALGO ABERTO PORQUE A RESTAURAÇÃO NÃO ABRE PARA O JANTAR.

FIQUEI UM POUCO EM PÂNICO PORQUE QUERIA E PRECISAVA DE COMER UMA REFEIÇÃO QUENTE. 

PERGUNTA AQUI, PERGUNTA ALI E DEPOIS DE ALGUMAS PESSOAS ME TEREM DITO QUE SERIA DIFÍCIL ENCONTRAR UM RESTAURANTE ABERTO, EIS QUE ENCONTRO UMA SENHORA (QUE POR SINAL MUITO SIMPÁTICA) QUE ME INDICOU UM RESTAURANTE NUMA RUELA PRÓXIMA QUE DEVERIA ESTAR ABERTO.

TIRO CERTEIRO. ESTAVA ABERTO SIM SENHOR :) RESTAURANTE ALDEIA DOURO.

ENTREI, PEDI, COMI, FIQUEI SATISFEITO E NO FIM DE PAGAR REGRESSEI À POUSADA PARA POR FIM REPOUSAR :)


3ª DIA - LINHA DO DOURO EM ETAPA DE LIGAÇÃO

PARA A TERCEIRA ETAPA TINHA UM PERCURSO QUE FACE AO PROBLEMA TÉCNICO QUE A BICICLETA TINHA, SERIA ARRISCADO FAZÊ-LO E POR ISSO RESOLVI QUE TERMINARIA ALI A MINHA AVENTURA DE 2023. SERIA PORTANTO HORA DE REGRESSAR A CASA APANHANDO O COMBOIO DO POCINHO PARA BRAGA E PERCORRENDO UMA VEZ MAIS A BELÍSSIMA LINHA DO DOURO.








O PASSEIO PELA LINHA DO DOURO É MAGNIFICO, É FANTÁSTICO, É ÚNICO. É DAS COISAS MAIS BONITAS QUE PODEMOS VIVENCIAR EM PORTUGAL.

AS PALAVRAS NÃO CHEGAM PARA DESCREVER TAMANHA BELEZA. SÓ MESMO ENTRAR NO COMBOIO E PERCORRE-LA :)

DA LINHA EM ALGUNS MOMENTOS, PUDE VER A EN 222 E TER UMA NOÇÃO DO QUE TINHA PERCORRIDO NOS DOIS ÚLTIMOS DIAS. FOI CLARO EMOTIVO E ESPETACULAR.

ENQUANTO BEBIA DE TODA A BELEZA QUE O DOURO OFERECE OCORREU-ME UMA IDEIA PARA FECHAR EM BELEZA ESTES DIAS DE AVENTURA.

COMO TINHA TEMPO, NÃO IRIA DIRECTAMENTE PARA CASA MAS SIM, PERCORRER A ECOPISTA DO ANTIGO RAMAL FERROVIÁRIO DE FAMALICÃO - PÓVOA DE VARZIM.













3ª ETAPA - ECOPISTA DO RAMAL DE FAMALICÃO - PÓVOA DE VARZIM


DEPOIS DE UMA BELA VIAGEM DE COMBOIO PELA LINHA DO DOURO, CHEGO A FAMALICÃO PARA DAR CONTINUAÇÃO DA MINHA AVENTURA MAS AGORA, PELA ECOPISTA DO RAMAL FAMALICÃO - PÓVOA DE VARZIM.

ESTA ECOPISTA JÁ A TINHA PERCORRIDO EM 2013 E NA ALTURA O PISO ERA TODO EM TERRA. ACTUALMENTE O PISO É EM BETUMINOSO. 

É UMA ECOPISTA QUE ESTÁ MUITO BEM CONSERVADA E EM QUE ALGUMAS ESTAÇÕES E APEADEIROS ESTÃO REQUALIFICADOS.

COMO É LÓGICO É UM TRAÇADO QUE NÃO AUFERE QUALQUER DIFICULDADE UMA VEZ QUE É PRATICAMENTE NA SUA TOTALIDADE PLANO.





O PERCURSO É BONITO PASSANDO ENTRE POPULAÇÕES E GRANDES CAMPOS AGRÍCOLAS.
É UMA ECOPISTA MOVIMENTADA COM  GENTE A CAMINHAR, A CORRER E A ANDAR DE BICICLETA.
EM SÃO PEDRO DE RATES ONDE CRUZA PELO CAMINHO PORTUGÊS PARA SANTIAGO, FAÇO UMA BREVE PARAGEM PARA CONTEMPLAR A SUA IGREJA ROMÂNICA.














DEPOIS DE UMA NOITE BEM DORMIDA E EM QUE DESCANSEI BEM, SENTIA AS PERNAS COM FORÇA E COM VONTADE DE PEDALAR NO ENTANTO, À SAÍDA DE RATES, DEPAREI-ME COM UM VENTO DE FRENTE DESCOMUNAL. NUNCA TINHA ENFRENTADO TAMANHA FÚRIA.
NÃO CONSEGUI A PEDALAR A MAIS DE 20 À HORA PARA SE TER UMA NOÇÃO DA TAMANHA FORÇA DO VENTO. E ASSIM FOI PRATICAMENTE ATÉ À PÓVOA DE VARZIM.
CHEGADO AO DESTINO, TINHA POR FIM TERMINADO MAIS UMA AVENTURA MAS NÃO A ETAPA. ESSA TERMINARIA EM CASA JÁ QUASE AO ANOITECER :)






EM SÍNTESE, FOI MAIS UMA AVENTURA CONCLUÍDA EM TRÊS DIAS EM MODO BIKEPAKING E A SOLO ONDE APESAR DAS INERENTES DIFICULDADES, ACABOU POR CORRER BEM E SEM INCIDENTES.
A EN 222 FOI BRUTALMENTE MAGNIFICA E A ECOPISTA DO RAMAL FAMALICÃO - PÓVOA DE VARZIM FOI PARA RELAXAR MAS, NÃO DEIXANDO DE SER UMA PEQUENA ROTA BONITA E COM HISTÓRIA.
PARA 2024 ESPERO REGRESSAR PARA OUTRA AVENTURA :)







TRACKS GPS 







OBS: AS PALAVRAS ESCRITAS EM AZUL SÃO HIPERLIGAÇÕES